Feeds:
Posts
Comentários

Blog ou Blogs?

Estou postando aqui basicamente assuntos pessoais, corriqueiros e afins… vou focar os textos sobre cinema no http://script.blogueisso.com/ Abraço!!!

A foto!

Irapuan e o sofá prateado!imagem007

Detalhe que o copo cheio de cerveja continua na mão, sem danos!

Chá de Casa

Obrigado a todos que compareceram ao Chá de Casa… Foi maravilhoso! Muitos brindes, muita alebria espalhada pelos cômodos e claro, não podia deixar de ter o momento trash da noite: Irapuan e a destruição do sofá prateado… OPS! do isopor gignte contendo as cervejas!!!!! A foto histórica eu posto depois.

Tô me mudando…

Em breve novas noticias…

Velha casa nova

f1Mas confesso que minha cabeça está a mil por hora na minha mudança… Novos ares, velha casa nova…

Não vou deixar passar o CHÁ DE CASA NOVA! Sim, todos serão devidamente convidados.

Watchmen – O Filme

Amanhã no http://www.opovo.com.br/colunas/script sairá minha resenha de Watchmen – O Filme (2009) de Zacky Snyder.

Assisti a estréia (sexta, dia 6) e repeti no domingo, só para confirmar minhas primeiras percepções.

Tudo confirmado.
1. Do que gostei, gostei mais ainda na segunda vez.
2. Do que não gostei, achei pior na segunda vez.

Todas minhas opiniões estarão lá na Script, entra e confira…
watchmen_movie_image_smiley_face

Uma vez o ser humano (e não o colunista d´O Povo, o publicitário, o redator, o produtor musical, o crítico de cinema ou o poeta) Daniel Herculano achou que os sonhos eram palpáveis. mente

Acreditou na cristalização das forças, na amizade verdadeira, na vontade de trabalhar em conjunto. Pensou em somar, em ajudar, em construir a verdade.

Mas infelizmente descobriu que nada disso existe. Não somente descobriu como aprendeu (mais uma vez) com sua boa vontade. E não somente entendeu como compreendeu da pior maneira possível, com a exclusão.

Compreendeu assim que não existe o nós e sim eu. Que não adianta ter amizade ou ser amigo, mas sim ser profissional. Sejamos profissionais então. Não adianta amar, e sim ganhar. Ganharemos, claro! Em suma, que não adianta ter alma, e sim ser escroto mesmo. Sejamos escrotos, ora!

jogo-da-vidaCompartilhar pra quê se pode ser apenas para si? Se eu tenho, porque dividiria com você? Dissimular, esconder, maquiar, esse é o jogo. E que pena que é um jogo e não é vida, onde se joga e não se vive. E se é medido pelo que se tem no momento, e não pelo que se é ou representa, isso é apenas o normal.

Eu não queria jogar, mas infelizmente me ensinaram que se eu não jogar, quem vai perder sempre sou eu. Pra quê ser humano mesmo? Ser humano ou SER HUMANO? E a maior resposta deveria estar batendo no seu peito, na sua mente, na sua alma… Mas será que isso tudo ainda existe?